domingo, 1 de abril de 2012

O AMOR INCONDICIONAL


Não se pode falar do Amor sem sentir o Amor.


É um sentimento que não se pode aprender em livros, palestras, filmes, fotos... É um sentimento que não se pode ensinar. Ele emerge do fundo do peito quando a consciência se expande e flui de dentro para fora em todas as direções; o Amor flui em todas as direções, sem limites, sem fronteiras... Incondicional.

O Amor reconhece que não estamos sós em nós mesmos. Somos UM, ou seja, somos frações de uma mesma Consciência, Fonte ou Deus. Portanto, o que fazemos a favor ou contra o outro, o fazemos a favor ou contra nós mesmos, o Planeta, o Universo e a Divindade.


Tudo que existe é uma Unidade, ainda que inserido na individualidade. Estamos a caminho de uma nova forma de viver e interagir. Sairemos da escravidão do Ego para a liberdade do Amor: um Amor que não se pode ensinar; apenas sentir e exemplificar.

......................

"É fácil amar o outro na mesa de bar, quando o papo é leve, o riso é farto e o chope é gelado.
É fácil amar o outro nas férias de verão, no churrasco de domingo, nas festas agendadas no calendário do de vez em quando.


Difícil é amar quando o outro desaba. Quando não acredita em mais nada. E entende tudo errado. E paralisa. E se vitimiza. E perde o charme. O prazo. A identidade. A coerência. O rebo...lado.
Difícil amar quando o outro fica cada vez mais diferente do que habitualmente ele se mostra ou mais parecido com alguém que não aceitamos que ele esteja.
Difícil é permanecer ao seu lado quando parece que todos já foram embora. Quando as cortinas se abrem e ele não vê mais ninguém na plateia. Quando o seu pedido de ajuda, verbalizado ou não, exige que a gente saia do nosso egoísmo, do nosso sossego, da nossa rigidez, do nosso faz-de-conta, para caminhar humanamente ao seu encontro.
Difícil é amar quem não está se amando.
Mas esse talvez seja, sim, o tempo em que o outro mais precisa se sentir amado. Eu não acredito na existência de botões, alavancas, recursos afins, que façam as dores mais abissais desaparecerem, nos tempos mais devastadores, por pura mágica. Mas eu acredito na fé, na vontade essencial de transformação, no gesto aliado à vontade, e, especialmente, no amor que recebemos, nas temporadas difíceis, de quem não desiste da gente."
(desconheço o autor)
..............................


"Michael ama e convive com todos os seres da natureza sem distinção: plantas, animais e humanos. Totalmente conectado e integrado à natureza como o são todos os seres iniciados em Sabedoria. É na natureza que estão as forças energéticas que nos impulsionam na esfera física e se completam com as vibrações da alma. Não precisa ser uma planta bonita, um animal delicado, uma pessoa agradável; porque Michael ama a toda a Criação Divina. Ele ama o rato e o elefante; o espinheiro e a rosa, a criança saudável e a cancerosa, o honesto e o criminoso com a mesma abertura de alma.



Ele tinha um macaco de estimação, por exemplo, como nós temos um cachorro ou um gato. Qual a diferença? Por que as pessoas se escandalizam com isso?

[...] Loucos e pirados são os que vivem na hipocrisia das aparências, dos engodos para se encaixarem em uma sociedade que lhes cobra, diariamente, serem o que não são, ou o que não querem ser. Michael simplesmente É.

Somos territoriais, de afetos circunscritos: amamos nossos familiares, nossos amigos, nossos agregados; Michael é universal, ele ama o mundo. Não só seus três príncipes são seus filhos, antes o são, em sua alma, todas as crianças do Planeta. Esse Planeta que ele se propôs a curar das chagas da indiferença e do abandono."

(trechos do livro SIMPLESMENTE MICHAEL - Mistérios e Enigmas de Uma Lenda Viva)
Créditos: Conceição Vitor: almaceltica.blogspot.com.br/ 
............................. 

 

:D

7 comentários:

  1. Justamente,é fácil dizer amar alguem ou alguma coisa que traga alegria,felicidade,esse é o amor que nos da prazer

    Difícil é amar solidariamente,amigavelmente,se doar por completo ao amor quando mais precisam dele,em momento de amargura,desespero,solidão,aflição,quando isso acontece muitos viram as costas,porque amar o que não da prazer não convem,porque sofrer com dores alheias,quando isso acontece mostramos um amor egoísta

    Michael ama incondicionalmente,Michael se doa plenamente ao sofrimento alheio,ele sofre junto vendo injustiças,descasos,a falta de amor com o próximo,com a natureza,com o planeta,Michael ama verdadeiramente

    E quanto que ele fez e faz,para que possamos aprender isso,para que possamos sentir em nós esse amor incondicional,para que despertemos esse sentimento puro e grandioso dentro de cada um

    Seria uma maravilha se o mundo se concientisasse sobre esse amor,mais eu acho que ainda estamos longe disso acontecer,estamos caminhando muito devagar

    O texto é maravilhoso,não se tem muito o que falar,apenas concordar com o conteúdo nele existente

    Love

    ResponderExcluir
  2. Muito linda essa reflexão, né Ana? :)

    Acredito que Michael veio a esse mundo para nos ensinar a amar, fazer-nos sentir esse amor incondicional.
    Um amor que não impõe condições...simplesmente,existe! Nasce com força total, ocupa todo lugar e supera qualquer obstáculo. Um amor que preenche e eleva ao êxtase.

    Beijãooo LOVE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Maíra,Michael veio a esse mundo para nos ensinar a amar,com um amor que preenche e eleva ao êxtase,mais nem todos se permitem que esse amor os preencha e transborde,se fecham e não deixam esse amor fluir,quiseram até priva-lo disso,tentaram de muitas maneiras proibi-lo de se doar por amor

      Michael sofreu e amou...amou e sofreu,e um amor igual ao de Michael assusta,por isso muitos se acovardam,se trancam,Michael ama incondicionalmente e corajosamente

      Ele se entrega a um amor grandioso,límpido,cristalino,solido e divino,um amor que não tem fronteiras e derruba barreiras

      Michael ama...ama...e ama...sofre mais continua amando

      Love

      Excluir
  3. Maíra,me desculpe eu perguntar,mais quando vc disse que postaria uma matéria sobre um livro de Michael,eu pensei que fosse Dancing the Dream,pois foi o que li quando vc me falou,era essa mesma que vc postou ou vc ainda vai postar sobre Dancing the Dream,essa que vc postou é do livro Simplesmente Michael,muito lindo por sinal

    A que eu me referi é sobre a análise,vai ai um pequeno trecho para ver se é a mesma que vc disse que postaria hoje

    Trecho

    Willa: Ele baseia-se nessa idéia em "Uma criança é uma canção", e expande para abranger todos nós:

    "Mesmo se você nunca escreveu uma música, sua vida é uma canção. Para viver ... é ser musical, começando com a dança no sangue em suas veias. Na vida tudo tem seu ritmo. Para sentir de cada um, suavemente e com atenção, traz a sua música.

    Você sente a sua música?

    As crianças fazem, mas uma vez que crescemos, a vida se torna um fardo e uma tarefa, e a música cresce mais fraca. ...

    Quando eu começo a sentir um pouco cansado ou sobrecarregado, as crianças me revivem. Dirijo-me a elas para a vida, para a música nova. Dois olhos castanhos me olham tão profundamente, tão inocente, e por dentro eu murmuro: "Esta criança é uma canção." É tão verdadeiro e direto ... estou de volta para mim mais uma vez. "

    Joie: Willa, eu amo quando ele diz: "Viver é ser musical." Alguma coisa sobre essa frase é muito lírico e poético para mim. Quantas pessoas iriam pensar sobre o próprio sangue que flui através de nossos corpos como sendo musical? Acho isso fascinante!

    Você sabe, nós já conversamos sobre todos os diferentes temas deste livro - a idéia de que estamos todos conectados, a crença de que devemos nos esforçar para conhecer e aceitar quem somos e sobre o tema da espiritualidade. E ele se conecta cada um destes temas com o amor. As várias expressões de amor e paixão que você mencionou anteriormente - paixão criativa, a paixão sexual, a paixão espiritual, a compaixão. Todas as várias formas de amor. Mas parece-me que há uma forma de amor que não é realmente um tema central deste livro. O amor romântico.

    Maíra,eu postei só para saber se é esse mesmo,se é igual o que vc tem e disse que iria postar


    Aproveitando o mesmo comentário,queria só te dizer sobre aquela foto do showneral,é que ja vi muitas fotos daquele dia,mais todas são do palco,e aquela é a única que vi que me parece ser de antes ou depois do show,me parece ser...digamos nos bastidores do show,só tem aquela,até hoje não vi mais nenhuma

    Eu sei que foi tudo encenado,tambem acredito que Michael fez isso para nos deixar pistas e nos acalmar de uma certa forma,pois se conseguiram tirar essa foto antes,conseguiriam tambem uma que ele estivesse em caixão aberto,mais essa não existe,esqueceram desse detalhe tão importante e valiosíssimo

    Maíra,eu vou ver se consigo te ajudar a corrigir os erros da tradução,se conseguir eu te mando e vc vê se ficou certo,ai vc só da umas retocadas se for preciso,assim vai mais rápido,pode ser?

    Love

    ResponderExcluir
  4. Sim Amiga Ana, a análise que te falei que conhecia e que achei o máximo, é essa Dancing The Dream, disse que iria postar na segunda e vou, já terminei a tradução, vou postar sim.;)

    Esse texto que postei é da amiga Conceição, com alguns trechos de seu maravilhoso livro.

    Ana gostaria muito que vc pudesse me dar essa força, amiga. Seria ótimo!! Quanto mais rápido pudermos mostrar essas maravilhas, melhor. Michael é perfeccionista, sempre nos ofereceu o melhor, então precisamos ter muita dedicação também, e oferecer o nosso melhor. Há muita coisa a ser feita, precisamos unir nossas forças sim!! ;)
    Eu demoro, pq não gosto de copiar e colar a tradução do google. Ele ajuda muito, mas é necessário uma ajeitadinha sempre. Gosto de ir jogando cada trecho nos tradutores e ir ajeitando a tradução com auxilio do dicionário tb..rsrs... Acho que fica melhor, mais expressivo.
    Amiga, se vc puder me ajudar te agradeço muito.
    Uso esses tradutores, se acaso quiser ver se facilita, são esses:

    http://translate.google.com.br/
    http://br.babelfish.yahoo.com/
    http://tradutor.babylon.com/ingles/portugues/

    O google chrome mostra a tradução, embora ajude muito, é meio grosseirona.
    Mas, se vc pegar o texto em inglês e ir traduzindo trecho por trecho, verá como fica melhor e com o sentido exato. ;)

    Oba!! Vamos unir nossas forças meninas e faremos nossa parte com capricho e rapidez!!!

    Obrigada Ana, mais uma vez, sabia que poderia contar com sua ajuda!! ;)
    Bjãooo LOVE

    ResponderExcluir
  5. Fernanda Capuxo03/04/2012 23:45

    LINDO LINDO LINDO!!!
    Nossa... esse livro deve ser maravilhoso mesmo.Só um trecho e já me surpreendi com tamanha sensibilidade,com tamanho sentimento,com tamanha verdade.
    Obrigada amiga,acho que esse amor,esse sentimento,as verdade do Michael devem ser propagadas em um infinito.
    Nós como fãs devemos propagar isso,é nosso dever.O Michael nos deu muito,é incrível como ele foi injustiçado por esse mundo hipócrita ao qual estamos vivendo.Ele merece sim todo reconhecimento por tantas bondades e pelo grande coração que possui.
    Michael é único.
    Me emocionei,muito tocante.
    Bjão
    Love

    ResponderExcluir
  6. Esse livro é o máximo, amiga! É um dos melhores que li sobre nosso Michael. Parece que a Conceição consegue ler nosso coração, ela fala por nós.
    O amor que sentimos por Michael é elevado, mágico, é algo surpreendente!
    Sim amiga, Michael se doou por inteiro ao mundo, devemos ser reciprocos, e mesmo assim ainda é pouco diante de tudo que ele nos oferece.

    Bjãooo LOVE

    ResponderExcluir