quinta-feira, 2 de abril de 2015

Man In The Music: Capítulo 7 - Invincible: As Músicas - " Speechless "


8. SPEECHLESS

(Escrita e composta por Michael Jackson.
Produzida por Michael Jackson.
Edição digital por Brad Buxer e Stuart Brawley.
Gravada por Bruce Swedien, Brad Buxer, e Stuart Brawley.
Mixada por Bruce Swedien.
Arranjada por Michael Jackson.
Vocal líder: Michael Jackson e Jeremy Lubbock.
Coro Andraé Crouch e o Andraé Crouch Singers Choir.
Teclado: Brad Buxer. Viola/ Contractor: Novi Novoq. Viola: Thomas Tally.
Violinos: Peter Kent, Gina Kronstadt, Robin Lentz, Kirstin Fife e John Wittenberg)

As baladas de Invincible foram, geralmente, consideradas hits ou esquecidas pelos críticos. Tão sentimental quanto poderia ser, “Speechless” é um hit. Escrita, composta e arranjada por Jackson, a música é uma linda balada estilo Broadway, que coloca a característica habilidade vocálica de Jackson totalmente à mostra. 

NME descreveu-a como a “primeira canção realmente altiva do álbum”. Ela é, certamente, uma das mais puras expressões de alegria dele. Como as músicas gospels dele, o clímax alcança um tipo de transcendência espiritual, que é incomum na maioria das músicas pop.

A faixa começa acappella, transmitindo uma vulnerabilidade e intimidade que relembra “She’s Out of My Life”, antes de, gradualmente, construir uma sublime crescente. Uma orquestra ascendente – coarrendada por Jackson, Brad Buxer e Jeremy Lobbock – é simples, mas de tirar o fôlego, no clímax. 
“Ele queria que ela fosse este tipo de êxtase”, disse Buxer. “Ele disse: ‘Eu quero que você toque estes arpejos. ’ Eu pensei que seria muito agitado, muito adocicado. Quando as modulações começam a vir, você escuta todos esses arpejos acontecendo no teclado. Não é sequenciado; é tudo tocado. Isso é o que ele queria.”

Jackson escreveu a música enquanto estava na Alemanha. Ele recorda de estar brincando com crianças quando a inspiração para a música veio. “Havia estas duas doces criancinhas, uma menina e um menino, e eles são tão inocentes”, ele disse em uma entrevista em 2001. “Elas são a quintessência forma da inocência e apenas por estar na presença delas eu me senti completamente sem palavras, porque eu senti que estava olhando a face de Deus, sempre que eu os via. Elas me inspiraram a escrever ‘Speechless’”. 

Uma vez que Jackson tinha a música na cabeça dele, ele imediatamente chamou Brad Buxer. “Ele cantou todas as partes no telefone. Às 06h30min ela estava pronta.”

O resultado foi uma canção de amor sobre um sentimento puro, incondicional, o tipo de amor seguro, sobre o qual ele nunca cantou realmente antes (talvez porque ele nunca tivesse experimentado isso completamente, até ele ter filhos). “Quando eu estou com você”, ele canta, “Eu estou na luz/ Onde não posso ser encontrado/ Eu sinto como se estivesse/ No lugar chamado Hallowed Ground.”


Tradução:

Voltar para: Apresentação



............

4 comentários:

  1. Spechless é uma música linda, o Michael realmente estava para lá de inspirado quando a compôs, lembro dele falando em uma entrevista que estava brincando com os filhos dele quando a música veio de repente, as crianças dele foram a inspiração, muito emocionante isso e a foto do post é demais, carinha de danado. bjs...

    ResponderExcluir
  2. Totalmente SPEECHLESS!!!

    Love MJ

    ResponderExcluir
  3. Oi meninas!!

    Speechless é uma das minhas preferidas.
    É um mergulho e a elevação ao êxtase!

    Michael disse que a inspiração da canção veio ao ver as crianças brincando...porque via Deus no rosto delas...a canção veio do êxtase divino!

    Michael é um presente entregue pelas mãos divinas à cada um de nós.
    This is it.

    Amor Incondicional Sempre e
    ...gratidão infinita.

    Bjãooo
    LOVE

    ResponderExcluir
  4. Amo Speechless! É realmente muito linda. Só Michael para nos fazer sentir assim...

    \mjlove/

    ResponderExcluir